Sexta, 28 de abril de 201728/4/2017
(86) 9.8188-1338
Erro ao processar!
dólar R$ 3,18
euro R$ 3,48
Banner topo
ESPECIAIS
IDENTIDADE JORNALISTICA: Secretaria de Comunicação enaltece vencedores do troféu
1ª edição do troféu Ciades Alves de Comunicaçã
Redação Luzilandia - PI
Postada em 13/03/2017 ás 17h16 - atualizada em 13/03/2017 ás 19h12
IDENTIDADE JORNALISTICA: Secretaria de Comunicação enaltece vencedores do troféu

Todos os dias e em todos os lugares do planeta, não só numa cidade pequena como Luzilândia,uma quantidade de informações são dispostas pelos mais diversos meios de comunicação, Há nisto um destaque especial para a mídia de internet, cuja velocidade é incomparável até o presente momento. Não se pode furtar a importância do Rádio, pratico e com sua exclusividade de alcance. Más este não é o ponto da questão, já que informação por informação, qualquer pedaço de papel pode ser um meio de distribuição. O fato é a relevância que cada noticia exposta a quem quer que seja tenha um fundo de verdade e a devida serventia atribuída em sua origem. É neste contexto que surge a pergunta: Afinal de contas, qual é o verdadeiro papel do jornalista e dos meios que o cercam?.


Tenho como referência inúmeros exemplos para dizer do principal dever e função de um jornalista afincado e definido pelo trabalho brilhante. Um de meus mestres e amigo pessoal Tomas Teixeira e também o excepcional Dr. Helder Eugênio, destaques no cenário do nosso estado com quem tive a honra de manter relações de trabalho, aos quais por meio de suas pautas, lhes é atribuído muitos e importantes marcos, e mantida a admiração e respeito de seu público.
Em suma,jornalistas não estão ai para derrubar governos ou governantes, mais sim, para manter uma constante vigilância sobre tudo o que interessa a sociedade, afinal de contas, este é o seu papel ético e principal.
Quem controla tudo o que acontece em todos os lugares, não diferente em Luzilândia, é a sua própria população, desde que tenha as devidas informações para fazê-lo, e a distribuição destas sim, é dever dos meios de comunicação e seus agentes. Qualquer ideia que fuja deste princípio, ofendendo ou invadindo o que não é de interesse público, foge do padrão dos meios de comunicação e deve ser tratado como puro e simples vício e pedeguismo.
Nas palavras do grande Arnaldo Jabor sobre jornalismo e identidade jornalistica eu me centro,"A JORNALIZAÇÂO DEMOCRATIZA, DANDO DIREITOS A TODOS DE SE EXPRESSAR. MAIS A DEMOCRACIA TAMBÉM LIBERA A IDIOTIA.DEVIAM-SE CRIAR UM "ANTISPAM" PARA BOBAGENS".
Hoje faço uso de todo este enunciado, não simplesmente para formular uma opinião, mais principalmente para enaltecer e conferir meu louvor aos profissionais da comunicação em Luzilândia que no último dia dez de março, foram pelos seus méritos agraciados com o troféu CÍADES ALVES de comunicação, resultado dos seus reconhecidos trabalhos pelo imenso público que os consagrou por meio da votação transcorrida, profissionais com lisura de diferentes gêneros, no giro informativo. Radialista Laércio Carvalho, Jornalista Paula Andréas, e o senhor Edson Barros, proprietário do portal Luzilândia e o norte. Aos ilustres nosso Respeito e Reconhecimento, que sejam fortes no empenho de suas ações para o trajeto da informação. Esta é a conclusa verificação de valor do Governo Municipal Construir e Servir, como também do Departamento de comunicação e Assessoria,(SECOM).


POR SOUSA EL SHALOM.
SECRETÁRIO DE COMUNICAÇÂO.

FONTE: SOUSA EL SHALOM
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

imprimir
176
© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium