Sexta, 28 de abril de 201728/4/2017
(86) 9.8188-1338
Erro ao processar!
dólar R$ 3,18
euro R$ 3,47
Banner topo
POLÍTICA
Obra de pavimentação em paralelepípedos (Calçamento), Inacabado no conjunto 30 e 90 - DNOCS - Luzilândia -PI
Seria outro paliativo? SEINFRA X JANAÍNNA MARQUES.
Redação Luzilandia - PI
Postada em 11/04/2017 ás 10h25 - atualizada em 11/04/2017 ás 18h39
Obra de pavimentação em paralelepípedos (Calçamento), Inacabado no conjunto 30 e 90 - DNOCS - Luzilândia -PI

Como um tanto quanto já conhecidas às ações da Dep. Janaínna Marques, com prazos não executados, obras inacabadas ao relento do descaso, há no projeto irrigado lagoas do Piauí (DNOCS), um reflexo destes descansos.


Consta uma obra com prazo para execução de 90 dias de acordo com a placa, que afirma o prazo.


Assunto: Execução de 5.090,34m, de pavimentação em paralelepípedos em Ruas dos Conjuntos 30 e 90 – Zona Rural, Luzilandia – PI. (Calçamento).


O acerto do contrato que garantia o projeto, hoje irregular, seria da SEINFRA, Secretaria de Estado que tem à frente a Dep. Janaínna Marques. O foco seriam os conjuntos 30 e 90, para quem conhece o grande projeto sabe que ele é dividido em três conjuntos, 30, 87, 90. Porém a obra foi toda desviada para o conjunto 87, sendo que nem mesmo lá as ruas foram terminadas, e outros conjuntos?


O prazo está vencido há tempos, no conjunto 90, tudo que há é uma rua, aproximadamente 200 m, o prazo era de 90 dias, a obra com canteiro abandonado não foi completa, no canteiro resta apenas uma betoneira.



Então, prazo não cumprido, obra inexistente, e pergunta- se para onde foi o Recurso de R$ 502.775,34?          


Onde está a responsabilidade?


Este é mais um dos assuntos estranhos conduzidos pela ex-líder política de Luzilândia.


No DNOCS ainda há outros transtornos que estão sendo apurados, como o assunto do Recurso da Lagoa do Cajueiro, e uma associação hoje objeto de investigação, pois os sócios dizem que a mesma encontra-se a serviço dos interesses da Deputada, Sendo o presidente da mesma um aliado político seu de nome Francisco Edilberto, mais conhecido como nego velho, que foi candidato a vereador derrotado nas eleições de 2016, os sócios alegam que não foram convocados para nenhuma reeleição de diretoria, tendo esta acontecida de forma ilegal, trata-se da ADILP, Associação do Distrito Irrigado Lagoas do Piauí, sendo a mesma para gerenciar a questão do abastecimento de água, o que não se nota é que de lá ainda não saiu nem uma tentativa de resolver o problema que assola a população, a não ser quando a Deputada vem e promove reuniões com alguns, e não de forma coletiva, a localidade agora passou cerca de três meses sem água, a Associação nada fez, apenas a Deputada emprestou dinheiro para pagar talões à Eletrobrás, a Associação se conduz com uma verdadeira ingerência e com intervenção política. O gerente da repartição DNOCS, Francisco de Assis Santiago, também aliado da Deputada, estranhamente não estimula nenhuma ação, até se pergunta porque? Visto que, apesar da Associação, a presença da repartição ainda existe, enfim, uma série de desmandos sem explicação, que nos próximos dias serão investigados. A maioria da população sente-se agredida e violada nos seus direitos.


 


tags:
• DNOCS
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

imprimir
204
© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium