domingo, 23 de julho de 201723/7/2017
(86) 9.8188-1338
Céu limpo
22º
24º
33º
Luzilandia - PI
dólar R$ 3,14
euro R$ 3,66
Banner topo
POLÍTICA
Justiça cassa prefeito de Magalhães de Almeida
Mesmo com as irregularidades, Tadeu de Sousa venceu a eleição com apenas 80 votos de vantagem sobre seu adversário, Costa Júnior (PCdoB).
Edson Barros Luzilândia - PI
Postada em 25/04/2017 ás 23h32 - atualizada em 26/04/2017 ás 14h30
Justiça cassa prefeito de Magalhães de Almeida

O juiz Isaac Diego Silva, da 51ª Zona Eleitoral, cassou os diplomas do prefeito e do vice-prefeito de Magalhães de Almeida, respectivamente, Tadeu de Sousa (PMDB) e Francisco das Chagas Vieira (PP).


A dupla foi acusada, em Ação de Investigação Judicial Eleitoral, de abuso de poder político e econômico durante a campanha eleitoral de 2016.


Além de cassados, eles foram considerados inelegíveis por oito anos e condenados ao pagamento de multa de mais de R$ 55 mil.


O vereador Antônio Castro também teve o diploma cassado e punido com inelegibilidade.


Mesmo com as irregularidades, Tadeu de Sousa venceu a eleição com apenas 80 votos de vantagem sobre seu adversário, Costa Júnior (PCdoB).


O peemedebista teves 4.895 votos, contra 4.815 do comunista.


Como a votação do prefeito cassado foi superior a 50% dos votos válidos, Magalhães de Almeida deve ter nova eleição, caso o TRE-MA confirme a decisão do juiz de base.


Veja abaixo a sentença


SENTENÇA pt. 01
SENTENÇA pt. 02

FONTE: Gilberto Leda
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

imprimir
109
© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium