Quinta, 17 de agosto de 201717/8/2017
(86) 9.8188-1338
Claro
22º
36º
36º
Luzilandia - PI
dólar R$ 3,15
euro R$ 3,71
Banner topo
TECNOLOGIA
Governador autoriza licitação do projeto Piauí Conectado nesta terça-feira (1º)
Wellington Dias cumpre agenda administrativa no litoral, onde autorizará a publicação do edital.
Edson Barros Luzilândia - PI
Postada em 01/08/2017 ás 10h28 - atualizada em 01/08/2017 ás 11h44
Governador autoriza licitação do projeto Piauí Conectado nesta terça-feira (1º)

Ponto do Piauí Conectado na Praça da Bandeira em Teresina (Marcelo Cardoso)

O governador Wellington Dias assina, nesta terça-feria (01), a autorização para publicação do edital de licitação do projeto Piauí Conectado. O edital tem por finalidade a contratação de Parceria Público-Privada para construção, operação e manutenção da infraestrutura de transporte de dados do Estado.


Por meio do projeto, será construido um cinturão de fibra ótica que passará de Norte a Sul do Piauí, interligando as unidades administrativas do Estado, melhorando significativamente a qualidade da internet usada nesses pontos.


A rede de fibra ótica também poderá ser explorada pela iniciativa privada que tenha interesse em prover internet em qualquer município piauiense. O Piauí Conectado passará por 96 cidades e os municípios restantes serão contemplados com tecnologia complementar como rádio e satélite.


Realizado em parceria entre a Agência de Tecnologia da Informação do Piauí (ATI), a Superintendência de Parcerias e Concessões (Suparc) e Secretaria de Estado da Administração e Previdência (Seadprev), a obra receberá investimentos na ordem de R$ 302 milhões.


Por meio do Piauí Conectado, será possível ofertar e melhorar a qualidade de diversos serviços destinados aos piauienses. É o caso do Ensino a Distância; do monitoramento dos espaços públicos com câmeras inteligentes conectadas à rede de fibra ótica do Estado; a telemedicina, permitindo que exames realizados no interior sejam enviados a uma Central de Laudos em tempo hábil para que o resultado seja devolvido ao hospital de onde o exame saiu em curto espaço de tempo; e ainda disponibilização de pontos de internet livre em diversos espaços públicos do estado como praças, bibliotecas e parques.

FONTE: Ccom/Valciãn Calixto
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium